.

.

domingo, 18 de junio de 2017

Visita ao Mercado do Mutundu

Fonte :KUP
Mercado de Mutundu parou para receber Samakuva
Mutundu 6.jpg
O Presidente da UNITA e candidato a Presidente da República foi recebido por um banho de multidão no mercado de Mutundu nos arredores da cidade do Lubango. Eram 12 horas quando a comitiva do candidato da mudança se fez ao local e foi recebido apoteótica e entusiasticamente pelas populações que acorriam ao espaço quer na sua condição de feirantes quer de compradores.

Todos queriam tocar, ver e cumprimentar o candidato do povo, os feirantes abandonaram as suas bancadas e juntaram-se à festa em que se constituiu a visita. De repetente estava criada a audiência e o Presidente Samakuva teve de subir a uma tribuna improvisada na circunstância para dirigir algumas palavras de esperança aos homens e mulheres, maioritariamente jovens que se mostravam ávidos de ouvir a mensagem da mudança.

O emprego para a juventude, a formação técnico-profissional e os incentivos materiais e financeiros despartidarizados aos empreendedores foram as temáticas abordadas pelo Presidente Samakuva.

Em poucos minutos e em termos simples, o Presidente Samakuva explicou as linhas centrais do Manifesto Eleitoral e a maneira como o governo a ser formado pela UNITA depois das eleições para servir os angolanos vai resolver os problemas de desemprego, da habitação, da saúde, da educação, de segurança social.

A mensagem teve impacto esperado, pois a maioria das pessoas que a receberam ou eram jovens com o ensino médio feito ou eram progenitores cujos filhos vivem nessa condição difícil e generalizada em Angola de desempregados, ganhando a vida comprando e vendendo produtos diversos, sem possibilidades de prosseguir os seus estudos. Outros ainda podiam ser jovens que nunca tiveram acesso à escola pela condição de pobreza de suas famílias. A todos, o líder da UNITA e candidato a Presidente da República acalentou a esperança em dias melhores com o governo formado pela UNITA vocacionado a resolver os reais problemas dos angolanos.
www.unitaangola.org